Recomeços

427875_533758209996529_2000276702_n

A vida nunca é retilínea. Ela é feita de altos e baixos, com muitas curvas e estradas traiçoeiras. As vezes, ela nos coloca em brincadeiras e nos pega muitas peças. Afinal, ninguém te disse que seria fácil, não é mesmo?

Pois bem, pode parecer que essa tal de vida é uma malvada e que está mesmo a fim de me derrubar. Mas não é bem assim, meu caro amigo. O que ela gostaria mesmo era de me fazer crescer, de me ver amadurecer, ser mais responsável e de me dar o famoso “acorda para vida”.

Se alguma vez isso já aconteceu comigo? Naaas, inúmeras vezes. Eu caio, levanto. Caio de novo, levanto mais uma vez. Nem sempre esse movimento é rápido, mas garanto que sou dura na queda e que aguento firme. Pode vir, estou aguardando ansiosamente ao próximo tombo. É mentirinhaaaaa, espera mais um pouquinho, please!! Hahha

Cada tombo meu acabou se transformando em um renascimento. Me tornou mais esperta, mais experiente e me abriu as portas para recomeçar algo.

As coisas monótonas são chatas e nunca me agradaram muito. Assim, eu sempre encarei os desafios que a vida me dava como uma ótima forma de ter um novo estilo de vida.

Foram várias as experiências que me fizeram recomeçar do zero: mudar de cidade, sair do emprego, o primeiro pau na faculdade, brigas com os amigos, uma doença, uma briga com a família, o término de um namoro (…)

Mas nenhuma dessas coisas foi forte o suficiente para me fazer desistir de recomeçar.

A minha vida é feita de recomeços. E a sua?

21 comentários sobre “Recomeços

  1. Stefhany disse:

    Olha que coincidência, eu estou passando justamente por um desses momentos de recomeço, a minha vida está totalmente uma bagunça e eu entro aqui e me deparo com um belo texto como esse, parabéns e continue escrevendo assim ❤

    Beijinhos, Sté,

    ultimo–suspiro.blogspot.com.br

    Curtir

    • fiamavsa disse:

      A minha sempre é um recomeço, quando eu acho que está tudo indo ok, aparece algo “do nada!” hahahah Mas o mais importante é sabermos lidar com isso! muito obrigada pelo comentário, linda! beijos

      Curtir

  2. Chronosfer disse:

    Fernando Pessoa em um poem sobre os navegadores portugueses escrevera que “Navegar é preciso/Viver não é preciso”. ele está certo, por não ser preciso os tombos virão. e nossa capacidade de persistir, de não nunca desistir estará à prova. bela reflexão. meu abraço.

    Curtir

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s