Sou Maria

12009736_892249307529758_2100610474704848780_n

Sou Maria,

Mas não uma Maria qualquer.

Sou a Maria. A irmã mais velha de 11 irmãos, filha de Pausânias e Ana.

Sou a mocinha do interior, nascida em Acaiaca, graças à amiga e parteira “Sá Fina” e criada na fazenda de barro Branco. Eu tive como meu primeiro babá o José Prudêncio, o mesmo que me levou ao curral para separar briga de vacas e me presenteou com uma pancada na cabeça.

Sou a moleca que já foi artista encenando as peças de Vicente Celestino, fui protagonista da obra “Matei” cantando: “senhor delegado eu sou um assassino.. estou arrependido de ter praticado o crime, deixai que eu lhes descreva senhor como perdi-me” nos natais da fazenda do fundão.

Sou a garota prendada que desde cedo já cozinhava arroz e feijão e o famoso frango caipira, lavava as roupas com bucha de palha de milho e sabão feito de coada de cinza e cuidava dos irmãos dando-lhes banho na bacia com água esquentada no fogão a lenha.

Sou a menina recatada que saiu de casa nova para desvendar a vida de estudante em Ouro Preto.

Sou a esposa dedicada que se casou aos 19 com o charmoso Afonso Mol. Fui eu mesma quem confeccionou meu vestido de noiva e minha camisola e minha mãe me ajudou no restante do enxoval. O casamento foi na fazenda do fundão mesmo, tudo bem simples e singelo. O Padre Antônio Gabriel de Carvalho, primo do até então noivo, que nos deu a honra de celebrar esta bela união.

Sou a moça romântica que teve sua lua de mel na fazenda da esperança. A moça humilde que aceitou atravessar o rio de jipe e a pinguela de imbaúba a pé e com o sapato na mão.

Sou a mãe atenciosa de seis filhos, mas que infelizmente sofri três abortos. Sou a super mãe de mais treze filhos do coração. A  mãe inexperiente que erra e acerta todos os dias. A nora preocupada que está sempre disposta a ajudar. A avó carinhosa e a bisa amorosa.

Sou uma grande mulher, sou forte e sou guerreira, sonhadora e batalhadora, sou fonte de inspiração para muitas gerações.

Sou!
Sou feita de marcas da vida, guardo-as na pele e no olhar.

Sou contadora de casos e estou cheia de histórias para contar.

Sou a sábia, a rainha, a maravilhosa Maria.

Sou de carne e osso e cercada de sentimentos. Guardo em mim uma fé inabalável e um grande sorriso nos lábios.

Sou firme em minhas escolhas, forte em minhas decisões e sempre encaro os desafios da vida de forma admirável.

Sou!

Sou amada pelos parentes, amigos, vizinhos e conhecidos! Sou esta que vive intensamente cada dia.

Sou a mulher que merece muito mais que estas palavras.

MARIA: Devolver-lhes o amor é o mínimo que podemos fazer. Tanto para dizer que faltam as palavras.

Pedimos permissão para que, neste momento mais que especial da sua vida, nesses seus 80 anos, nós acompanhemos com ternura seus passos lentos e algumas vezes até trôpegos, mas que esbanjam toda sabedoria que a vida lhes presenteou.
Queremos também abraçá-la, homenagea-la e aplaudi-la, com muito amor, gratidão, emoção e ternura, pedindo a Deus que te abençoe e te conserve a saúde. Com a esperança que nos leva a crer que muitos dias lindos e alegres ainda virão, pois você D. Maria é fruto da mais bela obra que Deus colocou na nossa história.

6 comentários sobre “Sou Maria

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s