Filme: O jogo da imitação

Hello!

Da série: os meus amigos snapers só me indicam filmes muito tops! Meu snap é FIAMAVSA O jogo da Imitação foi uma indicação mais que acertada ao Oscar. O filme é uma cinebiografia que retrata a vida de Alan Turing e, de certa forma, tenta amenizar o erro histórico que levou este brilhante homem ao anonimato e até ao desconhecimento.

Quer um filme emocionante e interessante do começo ao fim? Então, assista O jogo da imitação!

UC_62_cinema03

A trama é dirigida por Morten Tyldum que conseguiu, de maneira exemplar, passar aos telespectadores as várias facetas do seu protagonista Alan Turing, interpretado por Benedict Cumberbatch. No filme aprendemos um pouco sobre um exímio cientista, matemático, lógico, criptógrafo, filósofo, biólogo matemático, corredor de maratona e um dos pais da computação. Sua biografia foi publicada em 1983, reeditada algumas vezes e finalmente, em 2014, adaptada para o cinema.

O filme conta como Turing resolveu o “indecifrável” código nazista e criou uma máquina sem a qual eu não estaria escrevendo esse texto e nem você lendo: o computador. Ele tinha apenas 27 anos e era muito focado no trabalho, mas possuía alguns problemas em se relacionar com todos a sua volta. Aos poucos, conseguimos decifrar que o grande enigma não se encontrava apenas na máquina, mas também na vida de Alan Turing.

Reconhecido por sua notável inteligência, não demorou muito e ele foi nomeado para liderar a sua equipe de pesquisadores. Para que o projeto desse certo, Turing teve que aprender a trabalhar em equipe, coisa que para alguém que sofre de TOC, que sofreu discriminação na escola e continua sendo julgado diariamente por uma sociedade homofóbica, não é nada fácil.

O longa se passa em três momentos diferentes: o trabalho de Alan Turing durante a guerra, entre 1939 e 1945, os seus tempos de escola em 1929 e a sua acusação e sentença pelo que na época era considerado crime de sodomia em 1951.

Para entender o filme é preciso estar muito atento a cada detalhe e conhecer de antemão um pouco sobre história e sobre o destino trágico do personagem, para acompanhar de forma precisa todos os saltos e entender exatamente o que está acontecendo.

Não conhecemos muito sobre a família e outras características do personagem, mas esse que é o grande acerto desse filme como biografia: ele sabe se focar na parte da vida de Turing que é interessante que a gente conheça, então nenhuma cena soa desnecessária ou chata.

Assista ao trailer do filme:

Espero que tenham gostado da resenha e que eu não tenha dado muitos spoilers hahaha Ah, deixem sua indicação de filmes nos comentários!

Beijos, beijos

6 comentários sobre “Filme: O jogo da imitação

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s