Enfim, FÉRIAS!

656ae97241fbf10a1d4224676d94af42

E o mês de março ainda está começando, mas eu estou em clima de término de mais uma etapa. Digo, talvez seja o começo de mais uma etapa. Uma que pode começar a existir durante essas férias. Passei por um período “tenso” , pois tive aula de outubro até março. Tive estágio. Crises. Decepções. Choros. Medos. “Mas por que continuar com essa cara de triste? Com esse desânimo todo?” Foi esta a pergunta que eu me fiz. Era como se eu já estivesse levando aquela mesma vida monótona há décadas. Parecia cansada, meio robô. Tem fases em que a gente acorda, faz o que tem que fazer, come, dorme, acorda, bate um desespero por estar desperdiçando a vida. Um dia lindo lá fora, e você presa no estágio, ou na faculdade, ou no seu quarto estudando… E você passa a viver de esperas: espera pelo final do dia. Pelo fim de semana. Pelo feriado. Pelas férias. E por aí vai.

Mas olha, senhorita Fiama, VOCÊ TEM UMA VIDA INTEIRA PELA FRENTE PARA MUDAR TUDO!

Pode parecer conselho de tia e eu sei que soa piegas, mas a vida é isso mesmo. Ninguém te falou que seria fácil. A vida não é perfeita, ele é essa bagunça toda mesmo. E não fica aí sentadinha chorando esperando a felicidade bater na sua porta não, viu? Curta esse momento. Eu sei que é pesado, que é correria mesmo, mas tenho certeza que todos os dias você tem mais e mais motivos para agradecer quando coloca a cabeça no travesseiro.

Ah, e eu sei também que não dá para simplesmente fechar os olhos e desejar com muita fé, que num passe de mágica, você estará na sua casa de frente pra praia. É seu sonho, né? Eu sei também que não é num passe de mágica, fechar e abrir os olhos que nos transformamos naquela professora de Direito Constitucional naquela Universidade Federal do Litoral mais prestigiada do Brasil, eu sei disso. O que vem fácil não tem emoção. Mas você pode fazer planos, traçar metas possíveis e ver o que dá pra fazer hoje pelo seu sonho. E amanhã. E depois.

Um dia de cada vez. São nessas tardes inteirinhas estudando para faculdade, são nos relatórios bem feitos no estágio que está dando um passo em direção a si mesma. Quando desiste da preguiça e faz exercícios, quando engole o orgulho e pede desculpas por ter causado uma briga, quando ajuda um animalzinho na rua, quando trata as pessoas com gentileza. Quando entende que errou, levanta, respira fundo e vai tentar de novo.

E no próximo período, já vou para o oitavo, não quero chegar lá na frente torcendo para que acabe logo, dizendo que “NÃO AGUENTO MAIS”, que foi só tapa na cara. Isso é chato. Tem coisa boa ali, tem que ter. Sempre tem!

Nessas férias, vou pensar no que me deixa alegre, no que me faz feliz, no que torna a minha vida boa. E, mais do que isso, vou descobrir o que eu, ou melhor, a nova eu, precisa fazer pra chegar mais perto dos meus sonhos.

Vamos mudar. A gente pode, a gente consegue. Eu prometo. Vem comigo??

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s