Filme: A delicadeza do amor

A-Delicadeza-do-Amor-Crítica-do-filme-by-Película-Criativa-2-thumb-620x430-143362.jpg

Hello!!

Tudo bem com vocês? Hoje vou indicar o filme – que tem na netflix – “A delicadeza do amor”. Resolvi assisti-lo porque a protagonista é a Audrey Tautou (minha eterna Amelie Poulain) o que me levou a acreditar que esse filme seria ao menos um pouquinho do do que foi “O fabuloso Destino de Amelie Poulain”… Adiantando, não foir nem 0,00000001 =/

A Delicadeza do Amor parecia ser uma comédia romântica que mostraria os fatores sublimes do amor, como o frio na barriga, a vontade de fazer o outro feliz entre outras sensações íntimas e, de certa forma, esse era mesmo o seu objetivo. No entanto, o roteiro de David Foenkinos se embaralha numa grande bagunça na hora de desenvolver seus personagens e situações, o que torna o filme uma experiência no mínimo frustrante, principalmente porque desperdiça a doçura e carisma do casal protagonista, interpretado por Audrey Tautou e François Damiens.

Maaaaas, vamos a história! O filme conta a história do casal Nathalie (Tautou) e François (Pio Marmai), feitos um para o outro, se amam, se entendem, planejam uma vida juntos, porém o destino planeja outra coisa, e ele sofre um acidente e acaba morrendo. Transtornada com o ocorrido, a vida de Nathalie vira de cabeça para baixo, perde seu rumo, seu chão.

Entretanto, a vida segue, precisa seguir, ela passa a se dedicar inteiramente ao trabalho e é lá que certo dia, sem pensar duas vezes, beija um dos seus funcionários, Markus (François Damiens). Ele é o típico “loser”, com poucos amigos e baixa autoestima e vê neste beijo a promessa de uma vida diferente, se entrega e tenta investir nesta relação, por mais que não leve jeito algum para isso. E Nathalie, que após sentir a dor da perda, tenta se reerguer e se deixa envolver por ele, mesmo que isso esteja completamente fora de seus planos.

 Tinha tudo para ser uma linda história, mas se mostra irregular e insegura, embora aqui e ali tenha um acerto maior, como em alguns momentos de humor, particularmente aqueles que mostram o espanto das pessoas ao ver Nathalie, uma moça bonita, namorando um sujeito feio como Markus. Além disso, eles tratam com delicadeza fascinante o relacionamento dos dois, o que nos torna mais próximos deles.
Para fechar com chave de ouro – s q n – o final é horrível!
Trailer do filme:

Espero que tenham gostado da resenha e que eu não tenha dado muitos spoilers hahaha Ah, deixem sua indicação de filmes nos comentários!

❤ Beijos, beijos ❤

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s