Tem amor que chega, fica, passa e se vai

bab5bafa3c8736e3b28ecbdd8cdf300e.jpg

Nem todos os amores são para sempre. O nosso, por exemplo, tinha prazo de validade.

Você me mostrou que queria entrar na minha vida, que se importava e que você queria ficar. Eu te dei uma oportunidade. Na verdade, a oportunidade foi para nós dois.

Por muito tempo eu relutei em admitir que tudo aquilo que construí em minha mente estava mais para realidade dos filmes de comédia romântica. Nada era de verdade mesmo.

Tem gente que chega para ficar, e fica. Tem gente que chega para saber se quer ficar, e vai.

Eu fingia que não via as vezes que você não queria estar. Eu fingia não perceber seus defeitos e as inúmeras coisas que me incomodavam em você.

Era como se eu quisesse que todos te enxergassem da forma como eu te via: coloquei uns atributos a mais aqui e ali, inseri umas qualidades que não existiam e minimizei aqueles defeitos estratosféricos que, caso a realidade fosse levada em consideração, ocupariam um espaço imenso da tela.

Eu vivi algo que só existiu aqui dentro de mim. Por fora, era mentira.

Nem por tudo isso vou dizer que não foi amor, porque foi. De um jeito estranho, mas foi.

Tem amor que chega, fica, passa e se vai.

Anúncios

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s