O medo do julgamento

aea41bd41557a130635990e2c0c86dbc

Volta e meia me pego com vontade de postar aqui algo que me aconteceu. Um desabafo. Uma vontade de extravasar, compartilhar, transbordar sentimentos em forma de palavras.

Uma volta e meia para trás, deleto. Uma volta inteirinha para frente e decido que devo postar.

É tudo tão íntimo! É tudo é tão meu!

As pessoas se assustam quando digo que  gostaria que só os desconhecidos tivessem acesso ao blog. Sei que soa estranho, mas faz muito sentido para mim. Principalmente porque não é legal transbordar palavras e sentimentos e saber que o cara da sua sala pode estar lendo. até porque, eu escrevo muitas coisas ruins, tolas, bobas e idiotas.

Por outro lado, dificilmente escrevo algo que não seja pessoal, que não seja íntimo, que não seja meu.

Já parou para pensar que grandes compositores, escritores, artistas… devem ter morrido de vergonha dos seus amigos estarem vendo suas obras? Mas elas ultrapassaram esse bloqueio e acho que isso deve servir de inspiração para mim.

O medo do julgamento é algo bobo, porque por dentro somos todos iguais e passamos pelas mesmas coisas.

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s