Idealizar amores é muito diferente de viver amores

amor1

Hoje eu sei que amar não é suficiente. Não é mesmo. Pois, se assim o fosse, eu estaria com o meu primeiro namorado até hoje. Se só o sentimento fosse o suficiente para fazer uma relação dar certo muitos casais não teriam se separado.

O amor é importante, sim. O amor é o que faz tudo começar, aquela chama ardente é amor. Mas para fazer dar certo tem que haver muita responsabilidade e vontade das partes envolvidas em ficarem juntas.

É isso. Fazer dar certo é se responsabilizar pelo relacionamento. Ei, não estou dizendo que você é responsável pela felicidade do outro, não! Nem acredito que somos “metades” e que só um relacionamento nos torna completos, não! Nós somos seres únicos e, como tais, encontramos nossa felicidade sozinhos.

Além disso, pessoas felizes vivem amores mais plenos, seguros e completos, porque eles compartilham a responsabilidade de fazer dar certo.

Depois de muitas experiências malsucedidas cheguei a conclusão de que amor não é um ato inconsequente. Aquela paixão louca de filmes e novelas não me convence mais. Muito pelo contrário.

Eu acredito no amor como uma escolha certa, consciente e não um ato desvairado. Depois que decidimos estar com alguém temos que nos esforçar para fazer aquele relacionamento crescer e se solidificar. O amor para dar certo tem que ter aquele “bora? Bora!” e tem que gerar nosso amadurecimento, não só o da relação, mas o nosso como indivíduos também.

Foi pensando nisso tudo que eu descobri que amor de verdade não é estar como uma pessoa porque você não PODE viver sem ela, mas porque você não QUER viver sem ela. Na prática, acreditem, esse pequeno detalhe faz T O D A a diferença. Quando você não quer viver sem algo, por mais que saiba que pode viver sem, aquilo entra na sua lista de prioridades e todos os dias você começa a trabalhar para que isso se fortaleça.

Para mim, o amor de verdade não faz promessas falsas! Ele sabe que só é possível colher bons frutos se você cuidar bem da semente. O amor de verdade planeja, executa conversa, respeita  e acima de tudo é decidido!

O amor entende a necessidade de se ajustar ao outro, à vida, às dificuldade à distância e sabe que tudo isso será um trabalho contínuo.

Em todos os amores reais que eu conheço acompanhei dificuldades e vi o quanto aquelas pessoas que decidiram se amar tiveram que se ajustar e crescer umas as outras. A vida é feita de reajustes e nós sempre estamos em processo de mudança.

 

 

 

Anúncios

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s